domingo, 8 de julho de 2018

Defesa Civil do Rio promove II Simpósio de Redução do Risco de Desastres

Post elaborado a partir de informações do Facebook da Subsecretaria de Defesa Civil do Município do Rio de Janeiro.

A Subsecretaria Municipal de Proteção e Defesa Civil do Rio de Janeiro, vinculada à Secretaria de Ordem Pública, promoveu na última quarta-feira, dia 4, o II Simpósio de Redução do Risco de Desastres (RRD), na sede do órgão, em Vila Isabel. O evento faz parte da Semana Municipal de RRD. Na programação, palestras e debates com especialistas de diversas áreas nas análises e estudos de caso. Os temas desta quarta são “Resiliência frente a mudanças climáticas” e “Educação para a prevenção”. O II Simpósio se estendeu até quinta-feira, 5, quando ocorreu um Fórum de Debates com a presença de representantes de Defesa Civil de outros municípios do estado.

Agentes de Defesa Civil e convidados participam do Simpósio na Subsecretaria de Defesa Civil do município do Rio de Janeiro. Foto: SUBDEC.

Experiência da RED foi apresentada durante o Simpósio de RRD organizado pela Subsecretaria de Defesa Civil do município do Rio de Janeiro. Foto: Marcelo Abelheira.

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Curso de Agentes Locais em Desastre é Finalizado

Texto extraído na íntegra do site da PMAR (clique aqui).

O Curso de Agentes Locais em Desastre (ALD), realizado por meio de uma parceria entre Prefeitura de Angra, através da Secretarias de Saúde e Proteção e Defesa Civil, a Universidade Federal Fluminense (UFF) e a Fiocruz chegou ao fim nesta quinta-feira (21), quando foi realizada uma cerimônia de entrega de certificados, no Centro de Estudos Ambientais (CEA).

Cursistas e comissão organizadora celebram a conclusão do Curso ALD

O curso envolveu membros da Defesa Civil, agentes comunitários de saúde e agentes de vigilância em saúde, e teve carga horária total de 108 horas. Seu objetivo foi propiciar um processo de capacitação aos profissionais para atuar em fases importantes da redução de risco de desastres e mitigação, ou seja, antes da ocorrência do desastre e nas primeiras respostas, caso ele ocorra.

Instituições organizadoras realizam certificação do Curso ALD

A formação, que contou com 10 encontros presenciais, com duração de 7 horas, foi dividido em eixos temáticos, ministrados por experientes profissionais de diferentes instituições que compõem e parceiras da Rede de Educação para Redução de Desastres (RED), ofereceu aos participantes certificado pela Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal Fluminense (PROEX/UFF), com registro do curso no Ministério da Educação (MEC).

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Curso ALD Apresentado na Roda de Práticas IdeiaSUS

Na última 5ª feira (14/06) foi realizado em Piraí/RJ a Terceira Roda de Práticas IdeiaSUS, organizada pela FIOCRUZ e COSEMS/RJ (Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Rio de Janeiro). O evento é fruto da cooperação técnica entre as duas instituições e da aproximação da área de pesquisa e inovação tecnológica com as práticas de saúde vivenciadas no cotidiano da gestão municipal. A Roda de Práticas é um dispositivo disparador de sistematização de experiências nos territórios que contribui para agregar e integrar as redes colaborativas de produção social da saúde. É um espaço de reflexão sobre iniciativas do Sistema Único de Saúde (SUS) implantadas e desenvolvidas por Secretarias Municipais de Saúde no estado do Rio de Janeiro.

Participantes da Terceira Roda de Práticas IdeiaSUS. Créditos: Organização do evento.

Neste evento foram apresentados trabalhos desenvolvidos pelas secretarias municipais de saúde das regiões do Médio Paraíba e Baía da Ilha Grande, com ampla participação dos municípios. Para este evento foram submetidos mais de 70 trabalhos que foram cadastrados no Banco de Práticas e Soluções em Saúde e Ambiente (IdeaSUS) mantido pela FIOCRUZ.

O município de Angra dos Reis apresentou dois trabalhos, sendo um intitulado "Protocolo de ações preventivas para a proteção dos trabalhadores expostos à radiação ionizante" e outro relacionado com a experiência da RED envolvendo as Secretarias de Saúde e Proteção e Defesa Civil de Angra dos Reis, IEAR/UFF e CEPEDES/FIOCRUZ intitulado "Articulação intersetorial e interinstitucional para a capacitação de agentes de saúde e defesa civil em desastres". Durante o curso foram organizadas atividades e palestras pelas instituições organizadoras do curso e também por profissionais da Eletronuclear, Secretarias de Saúde e Defesa Civil dos Municípios do Rio de Janeiro, Nova Friburgo e Estado do Rio de Janeiro. Ao final das apresentações foram levantadas perguntas e sugestões às iniciativas apresentadas, sendo inclusive sugerida a ampliação do Curso ALD para outros municípios da região da Baía da Ilha Grande, que apresentam muitas ameaças e situações de vulnerabilidade similares às Angra dos Reis.

Apresentação do Curso ALD aos participantes da roda de conversa. Créditos: Teresa Leite.

domingo, 3 de junho de 2018

Bairro Retiro Amplia Coleta de Óleo Vegetal Usado

No dia 27 de maio foi lançada a campanha “Não Jogue seu Óleo pelo Ralo” no bairro Retiro, Angra dos Reis, por meio de um evento que contou com ampla participação de moradores, donos de restaurantes, funcionários e técnicos de meio ambiente e saneamento básico, além de professores e alunos da educação básica e superior. O evento foi organizado por representantes da Associação de Moradores da Praia do Retiro (AMPR), professor e alunos da UFF – Angra dos Reis (IEAR/UFF), Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), Coopbrilho e representante da Secretaria Executiva de Meio Ambiente e contou com estandes com exposições, oficinas, experiências, além de brinquedoteca para as crianças.

Moradores participam de evento de lançamento da campanha “Não Jogue seu Óleo pelo Ralo” no bairro Retiro. (Fotos: Manoel Rosa e Lucas Sá, respectivamente)

A proposta do evento surgiu como resultado do trabalho realizado a partir do segundo semestre de 2017, quando o Projeto Bacia Escola do Retiro realizou uma série de encontros, aulas públicas e oficinas com a comunidade para identificar os principais problemas relacionados à água no bairro. O passo seguinte foi desenvolver um plano de ação comunitário, no qual foram apontadas ações, motivações e responsáveis para mitigar os principais problemas, sendo o Projeto de Coleta de Óleo Vegetal Usado fruto destes apontamentos.
  
Ponto de coleta de óleo no bairro do Retiro e estande com produtos de óleo reciclado. (Fotos: Lucas Sá e Manoel Rosa, respectivamente)

O lançamento de óleo na rede doméstica causa prejuízos às tubulações residenciais e públicas por gerar entupimentos, impacta negativamente os ecossistemas dos córregos e praias e sua decomposição produz gases de efeito estufa. O projeto tem como um dos seus objetivos ampliar a coleta de óleo vegetal no bairro do Retiro, que passará a ser feita por toda a comunidade do bairro. Além de dois restaurantes que já realizam este coleta específica do óleo vegetal, a UFF – Campus Retiro também atuará como um ponto de coleta, aumentando assim a facilidade do descarte correto por parte da população. Periodicamente a empresa coletora buscará nestes pontos o óleo usado e será feita a reciclagem deste óleo em outros produtos, como sabão, ração animal e biodiesel.

O IEAR/UFF também ampliará este mesmo tipo de coleta de óleo vegetal usado no bairro de Jacuecanga, local onde a UFF também possui instalações, envolvendo a comunidade do bairro e restaurantes. O  Projeto de Coleta de Óleo Vegetal Usado soma-se a outras ações de sustentabilidade já em curso e outras em desenvolvimento.
   
Oficinas e experiências foram realizadas por moradores do bairro e funcionários do SAAE. (Fotos: Alba Pereira e Manoel Rosa, respectivamente)