segunda-feira, 16 de abril de 2018

I Encontro Nacional de Desastres


Maiores informações: http://www.abrh.org.br/iend/

A ABRH, através de sua recém criada Comissão Técnica em Desastres (CTD), realizará, entre os dia 25 e 27 de Julho, na cidade de Porto Alegre, o I Encontro Nacional de Desastres (END).

Os encontros promovidos pela ABRH tem como função a integração de pesquisadores, técnicos, estudantes e gestores ligados ao tema de recursos hídricos em prol de avanços na ciência e benefícios à sociedade.

O número de desastres naturais e tecnológicos vem crescendo significativamente, bem como seus prejuízos, tanto de origem econômica como sócio-ambiental. Dentre os diversos tipos de desastres naturais, aqueles que mais têm ocorrido no mundo são os hidrológicos, tais como inundações e movimentos de massa úmida, seguido pelos meteorológicos, tais como os vendavais e as tempestades tropicais. O número de desatres naturais de origem hídrica no Brasil é bastante significativo, afetando um grande número de pessoas em todo país.

A partir do crescimento desta problemática a ABRH criou uma nova comissão técnica, a Comissão Técnica em Desastres (CTD), reafirmando o seu compromisso com o tema Desastres.

A realização do I Encontro Nacional de Desatres da ABRH surge com o objetivo de aumentar as discussões acerca dos Desastres, possibilitanto a divulgação e a troca de conhecimentos no tema. 

Nesta época, onde há um aumento significativo no número de ocorrências de desastres no país, e no mundo, a primeira edição do END terá fundamental importância no desenvolvimento desse tema tão relevante para sociedade. As discussões deste encontro alavancarão ferramentas para a redução do risco de desastres, apresentando avanços do que vem sendo discutido na área.

Nesse contexto, espera-se que este evento traga a tona debates enriquecedores, além da divulgação de novos trabalhos que representem avanços no entendimento da dinâmica dos desastres.

sábado, 7 de abril de 2018

RED Participa de I Seminário Internacional de Educação em Redução de Riscos e Desastres

O I Seminário Internacional e II Estadual de Educação em Redução de Riscos e Desastres (RDD) ocorreu nos dias 03 e 04 de abril, em São Paulo (SP), reunindo pesquisadores, profissionais do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil e da Educação, entidades voluntárias e técnicos que atuam na área de redução de riscos e desastres (RRD), e teve trasmissão ao vivo pela Rede do Saber SEE/SP www.rededosaber.sp.gov.br.

Leandro Nunes apresenta ações de educação e RRD realizadas em Angra 

No dia 04 o Agente de Proteção e Defesa Civil de Angra dos Reis, Leandro da Silva Nunes, apresentou as ações que a Secretaria de Proteção e Defesa Civil do município tem desenvolvido em articulação com outras instituições através da Rede de Educação para Redução de Desastres (RED). Dentre as ações destacadas está o Curso de Formação de Educadores para Redução de Desastres, que em 2018 avança para sua terceira edição em Angra dos Reis.

O objetivo do evento é incentivar a reflexão sobre a cultura de RRD no território nacional, ampliando o debate entre especialistas e professores, na discussão sobre a importância da formação continuada de professores e técnicos em educação na temática. As discussões também têm a finalidade de reforçar a importância dos planos locais de RRD, em especial, voltados às comunidades escolares.

Servidores iniciam curso de “Agentes Locais em Desastre”

Formação reúne agentes comunitários de saúde, agentes de vigilância em saúde e agentes da Defesa Civil



Teve início na tarde desta quarta-feira (4), no auditório da Defesa Civil de Angra dos Reis, o Curso de Agentes Locais em Desastre, realizado por meio de uma parceria entre Prefeitura de Angra, através da Secretarias de Saúde e Proteção e Defesa Civil, a Universidade Federal Fluminense (UFF) e a Fiocruz.
O curso envolve membros da Defesa Civil, agentes comunitários de saúde e agentes de vigilância em saúde, e terá carga horária total de 108 horas. O objetivo é propiciar um processo de capacitação aos profissionais para atuar em fases importantes da redução de risco de desastres e mitigação, ou seja, antes da ocorrência do desastre e nas primeiras respostas, caso ele ocorra.
- Esta é uma excelente oportunidade de capacitar nossos servidores, que tem um papel de extrema importância, pois estão em contato direto com a população e conhecem cada pedaço do nosso município. Desejo que vocês se dediquem a este curso e sejam multiplicadores do conhecimento que vão adquirir – disse o secretário de Saúde aos cursistas.
A formação, que contará com 10 encontros presenciais, com duração de 7 horas, será dividido em eixos temáticos, ministrados por experientes profissionais de diferentes instituições que compõem a Rede de Educação para Redução de Desastres (RED). O curso terá certificação pela Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal Fluminense (PROEX/UFF), com registro do curso no Ministério da Educação (MEC). 
- A ideia do curso surgiu no segundo semestre de 2017, quando uma equipe multi-institucional, formada por pesquisadores do Instituto de Educação de Angra dos Reis - Universidade Federal Fluminense (IEAR/UFF), profissionais da Vigilância em Desastres e agentes da Defesa Civil, visitou algumas Estratégias de Saúde da Família (ESFs) para levantar as demandas apresentadas pelos profissionais de saúde para aprimorar sua atuação na gestão dos riscos de desastres. A partir deste levantamento de campo foi identificada a necessidade da realização de um curso específico voltado para estes profissionais – informou o coordenador de Vigilância Ambiental da Prefeitura de Angra.
A mesa de abertura da formação contou ainda com a presença do superintendente de Atenção à Saúde; o diretor do Departamento de Saúde Coletiva; a diretora de Atenção Primária; o diretor do Departamento de Gestão da Secretaria Executiva de Proteção e Defesa Civil; o diretor do Instituto de Educação de Angra dos Reis (IEAR-UFF), e professores da instituição.

terça-feira, 27 de março de 2018

Seminário Internacional de Educação e Redução de Riscos e Desastres



O I Seminário Internacional e II Estadual de Educação em Redução de Riscos e Desastres (RRD) acontecerá nos dias 4 e 5 de abril, na Escola de Formação da SEE-SP, São Paulo. O evento promovido pela Casa Militar, por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil/SP, e pela Secretaria de Estado da Educação, por intermédio de sua Coordenadoria de Gestão da Educação Básica, é fruto da parceria com a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UNIVESP), o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN) e a Office of U.S. Foreign Disaster Assistance (USAID/OFDA), e tem como desafio contribuir com a formação de profissionais que podem fomentar a mudança estrutural na cultura em RRD e a efetivação destas políticas no cotidiano das comunidades.

A RED foi convidada para uma das mesas para apresentar suas ações e projetos de educação voltados para a redução de desastres, que abrangem cursos e eventos voltados a educadores, alunos, agentes comunitários de saúde e lideranças comunitárias. Nesta ocasião o agente de defesa civil de Angra dos Reis, Eng. Leandro Silva, apresentará o que vem sido desenvolvido no município de Angra dos Reis.